sábado, 31 de dezembro de 2011

III CICLO ENEM:Revisão que é mão na roda aos alunos

Durante 9h de aulas e palestras, estudantes puderam tirar dúvidas (Foto: Thiago Araújo)


 “O hidrogênio pode ser convertido através de eletrólise, da fissão nas usinas nucleares...”, cita o professor Diogo Moreira. A plateia a assisti-lo não desvia o olhar das explicações. O assunto em questão é a “Termoquímica”, o primeiro de uma tarde de estudos voltada para as disciplinas de Física, Química e Biologia, no “III Ciclo de Palestras Enem 2011”. Com o tema “Ciências Naturais e suas Tecnologias”, a atividade reuniu ontem estudantes de escolas públicas e particulares numa jornada de dicas e revisões das prováveis abordagens do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no próximo dia 22 de outubro.

Joelma de Souza Tota, 36, aproveitou a oportunidade para dissipar qualquer sombra de dúvida que possa atrapalhá-la durante o exame. Técnica em Enfermagem, ela não quer perder a chance de garantir, com o Enem, o passaporte para o curso superior em Enfermagem. “Tirei dúvidas essenciais. Eles dão macetes de como as questões vão cair na prova. [A palestra] dá um suporte bacana pra gente entender de uma forma completa o que viu em sala de aula”, afirma.

O Ciclo de Palestras Enem 2011 é realizado pelo curso de redação “Alfa e Ômega”, com patrocínio da Escola Superior da Amazônia e apoio do DIÁRIO DO PARÁ.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

II Ciclo Enem

No dia 24 de Setembro o Curso Alpha & Ômega oferecerá o II Ciclo ENEM, para vestibulandos interessados em se preparar melhor para ENEM. O evento ocorrerá noComputer Music Hall - BR 316 (ao lado do Hospital Metropolitano).

Confira a lista de professores que estarão participando deste super evento 
Programação
MATEMÁTICA (George Christ, Palheta e Armistrong) 
GEOGRAFIA (Leudes Sarges e Ivan Veloso)
HISTÓRIA (Michel Pinho, Anderson Costa e Manoel Neto)
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL (Camila Tavares e Lucinha Bastos)
Não perca tempo e garanta já sua entrada.

Os ingressos já estão à venda nas lojas:
GRITT Shopping Castanheira - 2º Piso, ao lado da Yamada.
GRITT Pátio Belém - 1º Piso, na entrada pela Padre Eutíquio.
GRITT Boulevard Belém - 1º Piso, próximo ao quiosque da BIS.

Ingressos a R$ 15,00


Contatos:
(91) 8366-5670 (TIM)
(91) 8875-7549 (OI)
 cicloenem@gmail.com

Twittter: @CicloENEM 

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

I CICLO ENEM: Palestra do Enem lotou auditório do Hangar

Os olhos atentos acompanhavam todos os movimentos dos palestrantes. As palavras ecoando no auditório eram assimiladas com cuidado, compondo diversas anotações, para que nada fosse esquecido. Esse foi o comportamento de aproximadamente 2400 pessoas que participaram ontem, no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, do I Ciclo de Palestras Enem 2011.
Realizado pelo DIÁRIO DO PARÁ em parceria com o curso de redação Alfa e Omega, o evento é o resultado da promoção “juntou Ganhou”, que dá continuidade às ações que pretendem auxiliar a preparação dos inscritos no Enem 2011. “A palestra é uma excelente oportunidade de preparar melhor os alunos e divulgar as instituições que valorizam esse incentivo”, explica o professor Walker Monteiro, diretor do curso Alfa e Omega.
Segundo ele, a utilização do Enem pelas universidades modificou a maneira didática de lidar com os conteúdos exigidos. “Agora precisamos valorizar não somente o conhecimento, mas a capacidade de interpretação, análise e raciocínio do contexto das questões”, explica.
E é justamente nesse conjunto de habilidades que o estudante Fabrício Junior, de 18 anos, afirma ter sentido dificuldade. Em 2010, ele fez pela primeira vez a prova, mas não alcançou a média necessária para o curso escolhido, Medicina, na Universidade Federal do Pará (UFPA). “A redação foi o mais difícil, por isso este ano estou focando mais na calma e atenção”, afirma.
Quando soube da palestra, ele mesmo coletou os selos que saíram em seis edições do DIÁRIO DO PARÁ e davam direito a assistir à palestra. “Como eu não ia ter aula no cursinho, decidi vir para não ficar em casa sem fazer nada e perdendo tempo”, afirma.
Sentada na primeira fila do auditório, Ana Maria de Freitas foi uma das primeiras a chegar ao evento e gravava parte das palestras no celular. Aos 54 anos, ela se prepara para realizar um sonho antigo, iniciar um curso superior. “Como trabalho e dia inteiro e só estudo à noite, aproveito atividades como esta para manter o ritmo”.
Sobre a realização gratuita do evento, ela parabenizou os responsáveis pela ideia. “Acho que, além de oferecer informação à sociedade, é assim que o DIÁRIO demonstra consideração pelos leitores”, comentou.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Palestra - Redação e Língua Portuguesa no ENEM

Venda de ingressos na Hora e no Local do Evento

A palestra sobre Redação e Língua Portuguesa no ENEM ocorrerá no dia 20 de outubro (quinta-feira).
Palestrantes:


Profa. Esp. Renata Lameira 
Prof. Bruno Santos


Local: CENTUR

Dia: 20 de outubro (Quinta-feira)
Horários: TARDE (15h00- 18h00)
                                   ou
                  NOITE (19h30-22h00)

Ingressos a R$ 5,00


Local de venda:
Curso Alfa e Ômega Belém (Almirante barroso esquina com Antônio Baena)
Curso Alfa e Ômega Cidade Nova (Cidade Nova IV, WE 42, nº 292 L1)


Informações: 9916-0582/ 3346-3221/ 8016-8899


REALIZAÇÃO: 

Provas e Gabaritos ENEM 2009 e 2010


PROVA 2010 - PROVA E GABARITO
http://hotfile.com/dl/130720581/425af42/Prova_ENEM_2010.rar.html

PROVA REALIZADA ENEM 2009:
http://hotfile.com/dl/127216800/993fd90/Provas_Enem_-_2009.rar.html

GABARITO:
http://hotfile.com/dl/127216717/4f8e1db/Gabaritos_Enem_2009.rar.html

PROVA CANCELADA ENEM 2009:
http://hotfile.com/dl/127217904/1c3b893/Provas_Enem_-_2009_-_cancelada.rar.html

GABARITO:
http://hotfile.com/dl/127217819/281375a/Gabarito_2009_-_Enem_-_Cancelada.pdf.html

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

MUITO OBRIGADO!

Os organizadores do III CICLO ENEM agradecem a todos aqueles que estiveram no evento e a todos aqueles que tornaram esse evento possível.


Aguardem - logo, logo traremos informações sobre a SUPER REVISÃO DE REDAÇÃO do ALFA e ÔMEGA.

domingo, 2 de outubro de 2011

III CICLO ENEM

O III CICLO ENEM será realizado no dia 10 de outubro (segunda-feira), no Auditório do Hotel Sagres - Av. Gov. José Malcher, próximo ao Terminal Rodoviário.
Confira a estrutura do local:
Turno Manhã: 8h00 ou Turno Tarde: 14h30
Preço promocional: R$ 10,00

Professores convidados
QUÍMICA - Diogo Moreira & Daniel Carvalho
FÍSICA - George Castro & Fabrício Carvalho
BIOLOGIA - Jackson Pinheiro

Ingressos à venda no dia e no local do evento

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

O III CICLO ENEM SERÁ REALIZADO NO AUDITÓRIO DO HOTEL SAGRES

Atenção: a você que juntou os selos do Diário do Pará para adquirir o seu ingresso e se surpreendeu quando o adquiriu, informamos que o III CICLO ENEM mudou sua data e seu local. Agora ele ocorrerá no dia 10 de outubro (segunda-feira), no Auditório do Hotel Sagres - São Braz (Av. Gov. José Malcher). Portanto, depois do Círio de Nazaré, você tem um encontro marcado com o conhecimento.

Ciências da Natureza e suas Tecnologias
(QUÍMICA, FÍSICA E BIOLOGIA)

Turno Manhã: 8h00
ou
Turno Tarde: 14h30

sábado, 24 de setembro de 2011

Os organizadores do II CICLO ENEM agradecem a todos que estiveram no evento. Aproveitamos para informar que logo, logo teremos novidades no blog para você.

domingo, 18 de setembro de 2011

II CICLO ENEM

Como o Enem cobra estatística para prever situações


Na segunda competência de matemática cobrada pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o aluno precisará dominar as ferramentas de estatística. O uso de teorias probabilísticas para a explicação da frequência de determinados eventos, em geral, serve para estimar, ou prever, uma situação que ocorrerá no futuro.
O jogo básico da estatística, aquele mais comum, é o mesmo usado para calcular qual a probabilidade, ao jogar um ou mais dados para cima, de ele cair com a face 6 virada pra cima. Ora, se for lançado só um dado, essa probabilidade é de uma vez a cada seis lançamentos, já que o dado tem seis faces. Agora, se lançarmos dois dados, e esperarmos que os dois caiam com a face 6 virada pra cima, a probabilidade será de uma vez a cada trinta e seis lançamentos (para chegar ao resultado precisamos multiplicar 1/6 por 1/6, que dá 1/36. Se fossem três dados, a probabilidade seria de uma vez a cada 216 vezes.

Essa é a forma mais simples que a estatística aparece na prova. Mas, na maior parte dos casos, o Enem irá associá-la a situações reais, como na análise de dados econômicos, sociais e até na exposição de pesquisas de opinião. Os dados apresentados nas questões, e que servirão para os alunos fazerem cálculos, aparecem de diversas maneiras – podem estar nos anunciados ou em gráficos e tabelas.

Alguns conceitos simples de estatística, que caem sempre na prova do Enem, costumam ser desconhecidos dos alunos. Trata-se dos conceitos de moda, média e mediana, que têm confundido muitos candidatos. Devemos lembrar que moda é o valor que aparece mais vezes na amostra. Apesar disso, nem sempre uma amostra tem moda, e, quando tem, ela não precisa ser única. Mediana é o número que, depois de ordenada a amostra, fica bem no meio dela. Metade da população da amostra terá valor inferior à mediana e outra metade terá valor superior. Quando a população total for um número par, a média simples dos dois valores do meio da amostra será a Mediana. Em caso da população total ser um número ímpar, o valor do meio é a mediana. Já a média, a mais fácil, é a soma de todos os valores da população dividida pelo total da população.

Dicas de Estudos
1. Pesquise a diferença de média, mediana e moda. Reúna dados com a altura e peso de pelo menos 11 pessoas que você conhece. Com os dados, defina qual a média, a mediana e a moda da altura e do peso destas pessoas.
2. É fundamental resolver exercícios de estatística básica. Procure um livro de estatística em uma biblioteca pública e resolva alguns de seus exercícios.
3. Em uma casa lotérica, pegue cartelas de diferentes jogos. Calcule qual a probabilidade de ganhar cada um destes jogos.

E, para que não fiquem dúvidas, veja os conteúdos, relacionados a esta competência, que precisam ser conhecidos pelos alunos:
- Conhecimentos de estatística e probabilidade;
- representação e análise de dados;
- medidas de tendência central (médias, moda e mediana);
- desvios e variância;
- noções de probabilidade.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

A primeira competência cobrada na prova de Matemática


O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), diferente dos vestibulares convencionais, cobra pouco conteúdo e propõe ao aluno que compreenda fenômenos, resolva problemas e analise propostas de intervenção na sociedade. Para ajudar estudantes e professores a conhecerem melhor o exame, Ciclo ENEM apresentará dicas sobre as competências cobradas em cada uma das quatro provas.
Começaremos pela prova de Matemática, que exige do aluno sete competências: conjunto de conhecimento e habilidades que, associados, permitem que o candidato consiga chegar com sucesso a um resultado.

A prova de Matemática é aquela que tem, no Enem, mais conteúdo. Na grande maioria das questões, é necessário que o candidato tenha o acúmulo anterior de conhecimento. Mas não se assuste, Matemática também é a prova mais honesta do exame. O conteúdo proposto é reduzido e tudo que é proposto cai na prova. Em outras palavras, para Matemática vale a pena estudar as competências propostas.

Matemática na vida dos povos
A primeira competência cobrada na prova é uma espécie de "introdução à matemática". O aluno precisa compreender que a linguagem matemática é uma construção cultural. Em determinado momento, para a vida em sociedade, foi preciso contar, somar, dividir e multiplicar, além da necessidade de representação numérica, por exemplo. As questões desta competência são simples de serem resolvidas e estão relacionadas à integração da linguagem matemática com a vida cotidiana.

Competência de área 1 – Construir significados para os números naturais, inteiros e reais.
Confira as habilidades que são cobradas nesta competência. Lembre que é a partir de cada habilidade que são feitas as questões do Enem:
H1 – Reconhecer, no contexto social, diferentes significados e representações dos números e operações – naturais, inteiros, racionais ou reais.
H2 – Identificar padrões numéricos ou princípios de contagem.
H3 – Resolver situação-problema envolvendo conhecimentos numéricos.
H4 – Avaliar a razoabilidade de um resultado numérico na construção de argumentos sobre afirmações quantitativas.
H5 – Avaliar propostas de intervenção na realidade utilizando conhecimentos numéricos.

II Ciclo Enem

Pessoal, boas notícias a todos o II Ciclo ENEM vem ai!!!
Aguardem mais novidades ainda hojé e no decorrer dessa semana.

sábado, 27 de agosto de 2011

sábado, 20 de agosto de 2011

Orientações para os participantes do I Ciclo Enem


Alunosque irão participar do I Ciclo Enem, por favor, chegem pelo menos 30 minutos antes, para pegarem seu material.

I Ciclo ENEM

Neste Domingo, Curso Alpha & Ômega oferecerá o I Ciclo ENEM - Linguagem, códigos e suas tecnologias, para vestibulandos interessados em se preparar melhor para ENEM. O evento ocorrerá no Hangar - Centro de Convenções da Amazônia.
O ciclo debaterá sobre as disciplinas da área 1 do ENEM - Linguagem, Códigos e suas Tecnologias com uma equipe de professores especializados no assunto.

Confira a lista de professores que estarão participando deste super evento
Manhã
Walker Moreira e Rosana Bastos – Língua Portuguesa
Marcelo Lopes - Redação
Anísio Pinheiro - Literatura
Wellingson Reis e Elane Monteiro – Língua Estrangeira
Anderson Moraes – Artes e Expressão Corporal

Tarde
Bruno Santos e Joana Vieira – Língua Portuguesa
Marcelo Lopes e Renata Lameira - Redação
André Belém - Literatura
Wellingson Reis e Elane Monteiro – Língua Estrangeira
Anderson Moraes – Artes e Expressão Corporal

Não perca tempo e garanta já sua entrada.

Os ingressos já estão à venda nas lojas:
GRITT Shopping Castanheira - 2º Piso, ao lado da Yamada.
GRITT Pátio Belém - 1º Piso, na entrada pela Padre Eutíquio.
GRITT Boulevard Belém - 1º Piso, próximo ao quiosque da BIS.
Ótica Telégrafo - Avenida Senador Lemos, 1616, em frente a Yamada Telegrafo.
Vendas no cartão de crédito Visa e Mastercard somente na Ótica Telégrafo.

Não perca a Mega Promoção do Ciclo Enem nas Lojas Gritt, ligue e se informe.

Contatos:
(91) 8366-5670 (TIM)
(91) 8875-7549 (OI)

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Prova ENEM 2010

Prova de 2010 já está disponível
PROVA E GABARITO:
http://hotfile.com/dl/127219615/e3fbf93/Prova_ENEM_2010_amarela.rar.html

I Ciclo Enem acontece domingo no Hangar


O Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia recebe cerca de três mil estudantes neste domingo (21), no auditório principal, para participarem do I Ciclo Enem com o tema “Linguagens, Código e suas Tecnologias”. O evento organizado pelo curso de redação Alfa e Ômega vai discutir temas voltados para o Exame Nacional do Ensino Médio.

De acordo com o professor Walker Moreira, o evento é uma maratona que exige do candidato ao Enem concentração, foco, velocidade e conhecimento horizontal de todos os conteúdos abordados. “O I Ciclo Enem vai debater especificamente sobre os assuntos pertencentes à área I do Enem (Linguagens, códigos e suas tecnologias), com professores competentes que irão ajudar os alunos paraenses a terem um excelente desempenho no exame”, destaca Moreira.

O Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) é realizado em dois dias seguidos e apresenta uma prova peculiar dividida em quatro grandes áreas do conhecimento, são elas: Área I - Linguagens, códigos e suas tecnologias; Área II – Ciências Humanas e suas tecnologias; Área III – Ciências da Natureza e suas tecnologias e Área IV – Matemática e suas tecnologias.

Programação do Evento
8h - Marcelo Lopes e Renata Lameira – Redação
9h - Anísio Pinheiro – Literatura
10h10 - Wellingson Reis e Elane Monteiro – Língua Estrangeira
11h - Anderson Moraes – Artes e Expressão Corporal
11h50 - Walker Moreira e Rosana Bastos – Língua Portuguesa

Tarde
14h - Marcelo Lopes e Renata Lameira – Redação
15h - André Belém – Literatura
16h10 - Wellingson Reis e Elane Monteiro – Língua Estrangeira
17h - Anderson Moraes – Artes e Expressão Corporal
17h50 - Bruno Santos e Joana Vieira – Língua Portuguesa

Serviço
I Ciclo Enem – Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
Data: 21 de agosto, das 8h às 12h30, e das 14h às 18h30
Local: Hangar-Convenções e Feiras da Amazônia, Av. Dr. Freitas S/N
(Agência Pará)

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Os 40 Cursos Mais Bem Remunerados

Se você está em dúvidas sobre qual curso você deve escolher para cursar na Universidade o cicloenem te ajuda a decidir veja o ranking dos salários de cada curso de acordo com a FGV.

1- Medicina (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 8.966,07

2- Administração (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 8.012,10

3- Direito (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 7.540,79

4- Ciências econômicas e contábeis (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 7.085,24

5- Engenharia (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 6.938,39

6- Medicina (graduação)
Salário médio: R$ 6.705,82
7- Outros cursos de engenharia (graduação)
Salário médio: R$ 6.141,05

8- Engenharia mecânica (graduação)
Salário médio: R$ 5.576,49

9- Engenharia civil (graduação)
Salário médio: R$ 5.476,85

10- Outros cursos de mestrado ou doutorado
Salário médio: R$ 5.439,32

11- Outros cursos de ciências exatas e tecnológicas, exclusive engenharia (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 5.349,96

12- Geologia (graduação)
Salário médio: R$ 5.285,77

13- Engenharia elétrica e eletrônica (graduação)
Salário médio: R$5.231,07

14- Militar
Salário médio: R$ 5.039,14

15- Ciências agrárias (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 5.028,37

16- Outros cursos de ciências biológicas e da saúde (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 4.947,44

17- Engenharia química e industrial (graduação)
Salário médio: R$ 4.844,92

18- Outros cursos de ciências humanas e sociais (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 4.677,14

19- Direito (graduação)
Salário médio: R$ 4.649,63

20- Ciências econômicas (graduação)
Salário médio: R$ 4.644,67

21- Agronomia (graduação)
Salário médio: R$ 4.356,56

22- Propaganda e marketing (graduação)
Salário médio: R$ 4.199,05

23- Odontologia (graduação)
Salário médio: R$ 4.075,63

24- Administração (graduação)
Salário médio: R$ 4.006,61

25- Outros cursos de ciências exatas e tecnológicas, exclusive engenharia (graduação)
Salário médio: R$ 3.949,86

26- Curso superior de mestrado ou doutorado (ainda não concluído)
Salário médio: R$ 3.928,07

27- Letras e artes (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 3.864,82

28- Estatística (graduação)
Salário médio: R$ 3.846,21

29- Arquitetura e urbanismo (graduação)
Salário médio: R$ 3.835,08

30- Medicina veterinária (graduação)
Salário médio: R$ 3.758,94  
31- Física (graduação)
Salário médio: R$ 3.516,52

32- Química (graduação)
Salário médio: R$ 3.516,52

33- Comunicação social (graduação)
Salário médio: R$ 3.435,09

34- Formação de professores de disciplinas especiais (graduação)
Salário médio: R$ 3.408,60

35- Farmácia (graduação)
Salário médio: R$ 3.381,98

36- Ciências da computação (graduação)
Salário médio: R$ 3.325,40

37- Outros de ciências agrárias (graduação)
Salário médio: R$ 3.278,04

38- Pedagogia (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 3.219,14

39- Ciências contábeis e atuariais (graduação)
Salário médio: R$ 3.105,60

40- Outros de ciências humanas e sociais (graduação)
Salário médio: R$ 3.099,10

Lembrando que o fator financeiro não deve ser o único a ser analisado na escolha de um curso.

sábado, 30 de julho de 2011

Forma de desempate no Enem


A prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) tem sido amplamente concorrida, desde o ano de sua primeira edição. Em 1998, foram pouco mais de 68 mil inscritos para realizarem a prova. A prova era composta por 63 questões e uma redação. O objetivo do Enem era basicamente avaliar o nível de conhecimento que os estudantes do Ensino Médio obtinham. Portanto algumas alterações ocorreram. A prova hoje tem 180 questões e uma redação. São necessários dois dias de prova para que o estudante consiga responder todas as questões. A prova manteve suas questões interdisciplinares (ou multidisciplinar), porém são divididas em áreas de conhecimento, ciências humanas e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias, linguagens códigos e suas tecnologias. Esse formato de prova permite a utilização de vários conteúdos em apenas uma questão, é possível transitar entre áreas de conhecimentos envolvendo o mesmo tema.
Nesse ano de 2011, uma nota de divulgação do MEC (Ministério da Educação) informa que estão inscritos para a realização da prova do Enem desse mesmo ano, mais de 6 milhões de candidatos. É um número muito grande de participantes. Isso advém dos benefícios que o Enem mantém com alguns projetos educacionais. Entre eles o SiSu (Sistema de Seleção Unificada), que utiliza da nota do Enem em suas seleções para universidades federais e estaduais. Por essa benfeitoria, há essa forma de concorrência entre os participantes. Elevando ainda mais a nota de corte, da maioria dos cursos disponíveis pelo programa.
É inevitável que alguns participantes obtenham a mesma nota na prova realizado do Enem. Por isso existe alguns critérios de desempate, que os interessados em se inscrever para o SiSu devem saber. Esses critérios estão listados na ordem em que a comissão organizadora do SiSu, obedece para que haja o desempate.
-Maior nota na redação
-maior nota em linguagens, códigos e suas tecnologias
- maior nota em matemática e suas tecnologias
- maior nota em ciências da natureza e suas tecnologias
- maior nota em ciências humanas e suas tecnologias

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Inep vai recorrer de decisão que autoriza acesso a correção do Enem 2011


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) irá recorrer da decisão da Justiça Federal do Maranhão que prevê a inclusão, no edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2011, de cláusula que permita aos candidatos acesso à correção da prova de redação. A informação foi confirmada nesta sexta-feira pelo Ministério da Educação (MEC).
A decisão judicial, em caráter liminar, foi tomada pelo juiz José Carlos do Vale Madeira, da 5ª Vara, e atende a pedido do procurador Israel Gonçalves da Silva, do Ministério Público Federal no Maranhão. Silva também havia solicitado que fosse garantido aos candidatos o direito de questionar o resultado obtido na prova, mas o magistrado rejeitou o pedido, com base no argumento do Inep de que as dimensões do Enem inviabilizariam tal contestação.
As redações são corrigidas por dois examinadores. Havendo discordância de 300 pontos ou mais (em uma escala de 0 a 1.000) entre as avaliações deles, um terceiro coordenador dá uma nota que elimina as anteriores.
O Enem 2011 será aplicado entre os dias 22 e 23 de outubro, às 13 horas, horário de Brasília. No primeiro dia de prova, os candidatos responderão a questões de ciências humanas e da natureza. Já no segundo dia, será a vez das provas de matemática, linguagens (português e língua estrangeira) e uma redação.
A realização do Enem é pré-requisito para o cadastro de estudantes no Sistema de Seleção Unificada (SiSU), que seleciona candidatos para universidades federais e estaduais, além de institutos de educação superior. Quem deseja concorrer a uma das bolsas de estudo oferecidas pelo Programa Universidade Para Todos (ProUni) também precisa realizar o Enem. O mesmo vale para a obtenção de financiamento junto ao Fundo de Financiamento do Estudante do Ensino Superior (Fies).

Prova ENEM 2006

Galera a prova 2006 já está disponível, não percam tempo.
Prova:
http://hotfile.com/dl/125335050/d65cc69/Prova_ENEM_2006_amarela.pdf.html

Gabarito:
http://hotfile.com/dl/125335078/e6d547d/Gabarito_2006_-_Enem.pdf.html

terça-feira, 26 de julho de 2011

Dica para o candidato: Confiança é essencial


Para deixar o candidato mais seguro, a família e a escola devem contribuir com paciência e informações As mudanças provocadas pelo Enem nos vestibulares das principais universidades federais do Brasil não mexeram apenas com os ânimos dos feras.

Familiares dos estudantes, sobretudo os pais, também demonstraram preocupação com as novidades. Escolas e professores também tiveram que se adequar às novas regras. Para ajudar vestibulandos e sua família a vencerem o desafio das provas, marcadas para outubro.

"É natural que a prova em Outubro cause surpresa e mais tensão nos estudantes. Por mais que estejam preparados, fica a sensação de que falta alguma coisa. Mas é preciso enfrentar a nova situação. O estudante deve dedicar-se aos estudos e entender que aumentar a ansiedade não vai contribuir em nada", observa Schetini.

"Tensão demasiada inibe a memória e dificulta a compreensão", complementa. A participação da família, ressalta o psicólogo, é fundamental. "Os pais têm que demonstrar que estão ali para apoiar o filho. O que não quer dizer tensioná-lo ainda mais. Ao contrário, devem estimulá-lo, para aumentar a autoestima", diz Schetini.

Ele chama a atenção para a quantidade de horas que os jovens dedicam, em casa, aos estudos. "É comum ouvir dos pais que os filhos estudam quatro, cinco horas em casa. Mas qual a qualidade desse estudo" Depois de muito tempo executando uma tarefa de ordem intelectual, é necessário um tempo para descansar, recompor-se mentalmente. Por isso, vale a pena um intervalo entre as horas de estudo", afirma.

Para as escolas, a recomendação é repassar aos estudantes todas as informações técnicas sobre as mudanças do novo Enem. Esclarecer as dúvidas contribui para tranquilizá-los.

SEGURANÇA

Com a terceira filha se preparando para o vestibular, Ricardo e Andrea Regnier sabem que é fundamental o apoio da família. "Não pode haver muita cobrança. Exigimos que estude, mas passando tranquilidade e segurança", conta Andrea.

Manuela, 17 anos, tentará vestibular para administração na UFPA e engenharia de produção na UEPA. A segunda filha do casal, Gabriela, foi aprovada ano passado em administração, mas vai tentar direito este ano. "O vestibular mexe com toda a família. Digo às outras filhas que precisamos ser mais pacientes com as vestibulandas."

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Como os vestibulandos devem aproveitar as férias para estudar

 Os vestibulandos, que estão estudando desde o início do ano para conquistar uma vaga em um dos cursos mais concorridos das universidades públicas, tendem a ficar em um dilema com relação a como proceder no mês de julho: continuar estudando no mesmo ritmo ou descansar como faz a maioria dos estudantes brasileiros nesse mês de férias?
O Professor Bruno Santos, sugere que o estudante planeje bem suas atividades em julho para conseguir estudar e também descansar: “O vestibulando não pode perder o foco e ‘esquecer’ que o vestibular existe, mas também não pode deixar de descansar um pouco, sob pena de chegar muito cansado aos exames decisivos que começam no final do mês de outubro”, afirma.
Já o professor Wellingson Reis, sugere que os vestibulandos dividam em dois grandes blocos os dias que terão de férias no mês de julho:

Dias de descanso:

São fundamentais para os estudantes conviverem com a família e amigos, recarregando as energias para o semestre decisivo, quando serão realizadas as provas. Para os estudantes que não conseguem se desligar completamente, vai a sugestão de ler muito (livros cobrados pelos vestibulares ou outros da preferência do jovem – ler nunca é demais e sempre ajuda no desenvolvimento das habilidades e competências cobrados pelos grandes exames vestibulares) ou assistir a bons filmes que tenham, por exemplo, temática científica ou histórica;

Dias de estudo:

Devem ser aproveitados para que o estudante faça uma revisão dos principais tópicos vistos no primeiro semestre e que foram considerados mais difíceis ou para fazer exercícios de aprofundamento. Mas o ritmo de estudos não deve ser o mesmo do período convencional de aulas, já que esses dias de estudo, durante as férias, não devem servir para cansar o estudante antes do retorno à rotina mais intensa de preparação para as provas.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Enem 2011: 5,4 milhões de alunos devem participar do Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem cerca de 5,4 milhões de candidatos habilitados para fazer a prova desde ano.  O dado foi informado pela Agência Brasil através do ministro da Educação, Fernando Haddad, após a participação da assinatura do convênio com a Secretaria de Educação do Distrito Federal.
Ao todo, foram mais de 6,2 milhões de alunos que realizaram a inscrição pela internet, porém o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) aguarda confirmação do Banco do Brasil sobre o número de inscrições cujas taxas foram realmente pagas.
O número de participantes é recorde. A edição de 2010 teve aproximadamente 4,6 milhões de estudantes que se inscreveram para participar do exame. O aumento de inscritos ocorreu em 2009, quando o Ministério da Educação (MEC), iniciou o projeto de substituição dos vestibulares pelo Enem como forma de entrarem no ensino superior. Com a nota do Enem os alunos podem se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) e concorrer a vagas em instituições públicas em todo o país.
O exame no Enem será aplicado nos dias 22 e 23 de outubro, a partir das 13h (horário de Brasília). Todos os candidatos que tiveram a inscrição efetuada devem receber o cartão de confirmação no endereço indicado, pelos correios. O cartão contém o número de inscrição, data, hora e local onde será realizada a prova, indicação de atendimento diferenciado ou específico, opção de língua estrangeira e solicitação de certificação. Ao todo, são 45 questões de múltipla escolha e uma redação, distribuídas em quatro provas diferentes.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Para se preparar para o Enem, descubra quais conteúdos já domina

 
Quem já resolveu algumas das últimas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), apresentadas periodicamente aqui no Ciclo ENEM, tem uma visão mais clara do que será o exame. Agora, pós ter realizado essas provas, um bom exercício a ser feito é separar as questões por grupo, o que chamamos de classificar.
Cada um pode criar um critério de classificação que melhor lhe convir, esse critério não vai interferir no resultado final. O mais importante é que o aluno consiga criar de cinco a dez grupos diferentes de questões por cada área cobrada no Enem.

Como fazer isso? Vamos aos exemplos!

De posse das questões, os alunos podem criar grupos, na prova de matemática, por exemplo, de gráficos e tabelas, de sistema de medidas, de geometria, entre outros. Em humanas, é possível a criação de grupos de revoluções e grandes mudanças, de questões ligadas a terra e a território, de cidadania e direitos, entre outros.

Criados esses grupos, é hora de o aluno analisar seu desempenho e iniciar seu Plano Estratégico Situacional para a prova. O primeiro passo é eliminar o gasto de tempo para estudar os grupos de conteúdos em que se acertou todas ou a grande maioria das questões. Isso porque estes conteúdos você já tem relativo domínio, cada hora de estudo trará um resultado total menos significante do que as horas de estudo daqueles conteúdos que você tem conhecimento mediano ou o que não tem conhecimento.

Depois de identificar as áreas que você domina mais, passe para aqueles grupos em que seu rendimento é mediano. Você não acerta todas as questões, mas também não passa vergonha. Nesses conteúdos, a possibilidade de melhoria é maior. Cada hora de estudo poderá proporcionar um melhor resultado final do que ao estudar uma matéria que você adora e já domina.

Por fim, estude aqueles conteúdos que você errou um grande número de questões e que tem mais dificuldade de aprender. Se esses grupos são poucos, você não tem muito com o que se preocupar. Poucos são os cursos oferecidos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) que o aluno precisa dominar tudo o que está nos nossos livros didáticos. Avalie qual o peso de errar certas questões no Sisu e se isso pode atrapalhar você a conquistar uma vaga em uma faculdade pública ou uma vaga pelo Prouni.

Feita essa avaliação, o aluno pode escolher, entre os conteúdos que o aluno tem mais dificuldade de aprender, aqueles em que errou mais questões nas provas, os que podem ser mais “fáceis” para aprender. Por exemplo, o aluno pode detestar física, mas estudar eletricidade básica, que, além de ser um dos conteúdos mínimos exigidos no Enem, é relativamente fácil, pode ser mais produtivo do que gastar tempo com outros conteúdos da matéria.

Claro que quem for prestar medicina ou algum outro curso muito concorrido não pode descartar nenhum conteúdo e precisará aprender tudo e mais um pouco.

Quanto aos conteúdos a serem cobrados, o aluno pode ficar tranquilo. Os que caíram nos últimos dois anos, nas quatro provas também serão os conteúdos deste ano. Para fazer cada questão, o examinador consulta a matriz de competências e habilidades que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) propôs. NÃO DÁ PRA FAZER QUESTÕES QUE FUJAM DA PROPOSTA DO ENEM.

Assim, fica mais fácil fazer um plano de estudos racional que leve em consideração as facilidades e dificuldades de cada um. Dessa forma, o aluno terá um bom quadro de seu desempenho e será capaz de identificar o que mais precisa estudar pra gabaritar no ENEM.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Veja as notícias que podem ser temas de questões da prova do Enem 2011

Você já deve estar até cansado de ouvir dos seus professores: no ano do vestibular, é preciso acompanhar o noticiário, seja em jornais, revistas, televisão ou internet. E eles estão certos. Segundo os professores de língua portuguesa Bruno Santos (Impacto) e Walker Moreira (Ideal, Sucesso e Pitágoras), o Enem é uma prova que exige do aluno bastante interpretação de textos, gráficos, tabelas e charges. Logo, quanto mais o estudante estiver por dentro do que está rolando no Brasil e no mundo, mais facilidade terá para identificar o que está sendo pedido em cada questão. Conversamos com professores e fizemos uma lista dos temas mais quentes do momento. Agora, é meter a cara e estudar!

CHUVAS NA SERRA: - As chuvas que castigaram a região serrana do Rio no verão podem aparecer no Enem. Segundo o professor de geografia Maurício Novaes, a prova privilegia temas ligados à urbanização e ao meio ambiente. O impacto da ocupação desordenada de encostas e a erosão do solo estão ligados à tragédia.


COPA E OLIMPÍADAS: - Ninguém fala de outra coisa: qual será o legado da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016? O tema pode estar presente em diversas disciplinas. Na matemática, de acordo Felipe Abad, cálculos de geometria plana, como a área de um estádio, ou volume, para saber a quantidade de cimento a ser usada em uma obra, podem ser exigidos. Para Novaes, na geografia é possível tratar de investimentos em infraestrutura nas cidades-sede da Copa, crescimento do turismo e necessidade de qualificação de mão de obra para os eventos.


ACIDENTE NUCLEAR: - O terremoto no Japão e a consequente tragédia na usina de Fukushima comoveram o mundo e têm chance de cair no exame. Na parte de Ciências Naturais e suas Tecnologias, a abordagem deve envolver o que provocou o acidente e as medidas tomadas para minimizar a tragédia, assim como os efeitos da radiação e a contaminação da água e do solo. Até mesmo em história o assunto pode estar presente, principalmente relacionado à Segunda Guerra Mundial, durante a qual os Estados Unidos jogaram duas bombas atômicas nas cidades de Hiroshima e Nagasaki, e ao poder de recuperação japonês após os ataques.


MEIO AMBIENTE: - No ano que vem será realizada no Rio de Janeiro a conferência sobre o clima Rio 20. Nela, serão discutidas novas metas de redução de emissão de gases causadores do efeito estufa, entre outras medidas. Além disso, o Código Florestal, aprovado na Câmara dos Deputados e em discussão no Senado, provoca polêmica com suas propostas de mudança na legislação para crimes ambientais, exploração em áreas de preservação permanente, entre outras. Os dois temas podem ser abordados nos âmbitos da química, da biologia e da geografia. Questões sobre energias limpas, combustíveis renováveis, créditos de carbono e também os ciclos da natureza podem aparecer.

MUNDO ÁRABE: - Este ano, o mundo viu explodirem diversas revoltas nos países árabes, no norte da África e no Oriente Médio. O professor de história Reis, do Colégio Darwin, Betel e CETEM, diz que esses eventos podem ser ponto de partida para a cobrança de conteúdos relacionados ao imperialismo, influência americana na região, regimes totalitários e até mesmo disputas ligadas à religião. O assassinato do líder da al-Qaeda Osama Bin Laden pelos EUA pode trazer também perguntas sobre terrorismo e as guerras do Iraque e do Afeganistão.


VULCÃO CHILENO: - Um vulcão no Chile provocou a maior confusão na América do Sul, com reflexos até na Austrália e na Nova Zelândia. Na química, questões relacionadas à composição do magma, os gases emitidos e os impactos disso no solo e nos sistemas hídricos podem cair. O vulcão também pode ser o gancho para falar de fenômenos naturais também na parte de Ciências Humanas e suas Tecnologias.

DITADURA MILITAR: - A eleição da presidente Dilma Rousseff, uma ex-militante de esquerda que viveu na clandestinidade e foi presa durante a ditadura militar, gerou grande expectativa, principalmente em relação à abertura de arquivos do período. Somado a isso, há grande mobilização pela aprovação do fim do sigilo secreto de documentos do governo e a criação de uma comissão da verdade para investigar os crimes ocorridos naquela época. Ou seja, assunto quente e atual.

ANO DA QUÍMICA: - Em 2011 são comemorados o Ano Internacional da Química, os 100 anos de Marie Curie, pioneira nas pesquisas sobre radioatividade, e também os 100 anos do modelo atômico de Rutherford. Olho vivo nesses temas.


CENSO 2010: - O Enem adora um gráfico e uma tabela. Com os dados do último censo divulgados no início do ano, é bem provável que haja questões ligadas à população, com uso desses recursos.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

"Vilã" nos vestibulares, redação pode fazer a diferença no Enem


Neste ano, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será realizado nos dias 22 e 23 de outubro. A prova é dividida em quatro áreas do conhecimento, com 45 questões cada: ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens códigos e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias. A prova de redação, geralmente vista como "vilã" dos concursos, será cobrada no segundo dia de provas. Para obter uma boa pontuação, não basta ir bem em apenas uma das áreas, é preciso que haja um equilíbrio, inclusive com a redação.

Como o Enem é extenso, é bom ir bem descansado para a prova, para garantir sua concentração, especialmente no dia da redação. Diferente do restante da prova, ela não exige respostas certas, mas avalia o ponto de vista do aluno e seu poder de argumentação. O professor de redação Francisco Platão Savioli, salienta que ela demanda do estudante capacidade de operar com o conhecimento, para dar uma solução aceitável a um problema polêmico.

Segundo o professor, os temas podem ser divididos em três grandes grupos. O primeiro é o homem com relação a ele mesmo, onde são explorados tópicos como sentimentos e busca da felicidade. O segundo aborda o indivíduo e a sociedade em que vive, tratando de assuntos como justiça social, atuação política e respeito às diferenças. O terceiro é a ligação entre as pessoas e o meio biofísico, em que os temas frequentes são as interferências no meio ambiente, a preservação dos recursos naturais e as energias alternativas.

É importante ressaltar os principais erros cometidos pelos estudantes, entre os quais estão a pressa e, consequentemente, a fala de atenção na leitura, o que pode causar desvio do tema ou tangenciamento. Outro problema comum é a falta de argumentação, que é uma falha grave que pesa na elaboração da nota final. Além dessas orientações, confira abaixo dicas extras que os professores do Ciclo ENEM e o professor Platão preparou para o pessoal se dar bem na redação do Enem:
1- Preste bastante atenção no enunciado, pois é preciso compreender exatamente o que está sendo pedido para não fugir do tema.
2- Evite frases prontas ou ideias comuns, pois isso não demonstra um pensamento individual.
3- Posicione-se diante do tema. Demonstre que é capaz de refletir sobre a questão e sustentá-la. Tão importante quanto se posicionar é ter uma boa argumentação. Portanto, quanto mais irrefutável for sua opinião, melhor.
4- Utilize a norma culta, apropriada para esse tipo de texto. Tome cuidado com variações coloquiais da língua, pois isso pode prejudicar seu desempenho.
5-Se você quer adquirir repertório para argumentar melhor, fique atento às notícias. Leia bastante jornais, revistas. Mas não aceite passivamente o que está escrito ou foi dito. Reflita sobre os assuntos para estimular o seu olhar crítico.
6-O Enem avalia a capacidade do estudante de formular hipóteses de soluções para o problema proposto que não desrespeitem os direitos humanos. Por exemplo, se o assunto for uma reflexão sobre como acabar com a pobreza, não se aceitará como solução expulsar as pessoas de menor renda da cidade.

Algumas dicas são básicas para os estudantes, como pegar exames anteriores para resolvê-los e, assim, familiarizar-se com o modelo. Dar mais atenção às matérias que menos sabe e, ao mesmo tempo, concentrar-se nos assuntos que mais têm relação com o curso que o candidato deseja.

domingo, 26 de junho de 2011

Como organizar seus estudos para o Enem

Organizar os estudos para os vestibulares não é uma tarefa fácil. Alguns estudantes tendem a estudar mais os conteúdos que dominam melhor, deixando de lado aqueles em que têm dificuldade. Também tem o aluno que, às vésperas da prova, tenta aprender todos os conteúdos programáticos propostos. Se para concorrer a vagas em alguns cursos mais disputados, como Medicina, é mesmo necessário estudar tudo o que for possível, para a grande maioria das graduações, inclusive nas universidades públicas, não é necessário que o aluno domine amplamente todas as matérias que aprendeu, ou deveria ter aprendido, no ensino médio. O mesmo vale para o Enem, que vem se consolidando como o “vestibular nacional”.
Em uma viagem de carro, tem vantagem o motorista que conhece bem a rodovia. Em uma disputa de motocross, tem facilidade quem tem domínio do circuito. Em uma disputa, quem conhece bem o adversário tem melhor performance. Nos vestibulares e no Enem também é assim. Quem conhece bem a prova tem muito mais chance de conseguir um bom resultado.
No novo modelo do Enem, usado desde que o exame começou a selecionar alunos para universidades públicas, existem quatro provas disponíveis: duas de 2009, uma que vazou antes de sua realização e não foi aplicada e a que foi de fato aplicada neste mesmo ano; e duas de 2010, a prova que foi aplicada e causou um monte de confusão e a aplicada em instituições prisionais e para pessoas que tiveram problemas de impressão na primeira prova. Além dessas, existe também um simulado de 40 questões, 10 de cada área do conhecimento, que foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais ( Inep) em 2009 para demonstrar como seria a prova. Estão disponíveis, portanto, 190 questões de cada uma das quatro provas do Enem. Porém as provas antes de 2009 também são muito importantes, pois o modelo de questões são semelhantes.
No total estão disponíveis em média 760 questões, e é fundamental para o aluno encontrar a melhor estratégia de estudo. Comece a resolver essas provas. Neste primeiro momento, resolva-as sem a ajuda de terceiros ou consulta de materiais didáticos. O importante aqui é conhecer melhor o modelo de prova e o modelo de questões.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Inscrições para o PROUNI estão abertas

As inscrições para o programa do governo federal que dá bolsas em instituições particulares, o Prouni, abriu nesta segunda-feira (20) e vão até as 23h59 do dia 24, sexta-feira. As bolsas de 100% e 50% são para cursos com início no segundo semestre deste ano. 
Os interessados devem se inscrever pelo site do Programa Universidade para Todos (Prouni) prouniportal.mec.gov.br com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2010. É preciso ter feito média mínima de 400 pontos e não ter zerado na redação. Se houver procura maior do que o total de vagas, a seleção será pelo melhor desempenho na prova. Serão feitas três chamadas: a primeira prevista para 27 de junho, a segunda em 12 de julho e a terceira em 25 de julho. 
Quem não for pré-selecionado em uma das três chamadas do ProUni pode participar de lista de espera. O candidato deverá manifestar o interesse por meio do site do programa no período de 6 a 8 de agosto. A lista de espera estará disponível para consulta pelas instituições de ensino superior a partir de 11 de agosto. 
As bolsas do Prouni são destinadas a estudantes de escolas públicas ou que tenham sido bolsistas em instituições particulares. Para conseguir o benefício integral, o candidato deve comprovar renda de até um salário mínimo e meio (R$ 817) por pessoa da família. Para pagar a metade da mensalidade, a pessoa pode ter renda de até (R$ 1.634) por morador de uma casa. Nos dois casos é preciso ser a primeira graduação do candidato. A exceção são os cursos destinados a formação de professores, em que não há restrição.
As informações deverão ser comprovadas na instituição de ensino escolhida em prazo previsto por cada faculdade.

Não deixe de seguir @CicloENEM, para concorrer a entradas.

sábado, 18 de junho de 2011

ALIMENTAÇÃO AJUDA NA HORA DOS ESTUDOS, DIZEM ESPECIALISTAS

          Na maratona de estudos, muitos estudantes esquecem-se de caprichar na alimentação. Mas, com uma atenção extra na hora da alimentação é possível fazer das refeições um ótimo carregador de energia.
A nutricionista Fabiana Case, mestre em ciências de alimentos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, da a primeira dica: não pular as refeições. O horário do café da manhã, almoço e jantar (ou para quem preferir lanche à noite) devem ser respeitados. As refeições de um vestibulando devem ser ricas em frutas e verduras para prover as vitaminas e minerais necessários para manutenção da força física e menta

Segundo os especialistas, a melhor fonte de energia para um estudante é o carboidrato, presente em massas e pães. Ele é o principal combustível para o cérebro, mantendo a força física e mental do organismo.

De acordo com a nutricionista, o complexo B, presente nos produtos integrais e cereais, também é um ótimo carregador de baterias para o cérebro. Por isso, barrinhas de cereais e de alimentos como a granola são bem-vindos. Para manter a memória e a concentração saudáveis, o consumo de alimentos ricos em minerais e ácidos graxos essenciais, como nozes, castanhas, atum e salmão são recomendados.

Os mais ansiosos devem evitar o consumo excessivo de mate, café e guaraná natural, ricos em cafeína. São recomendadas doses de 30 a 50 ml, por dia, no máximo. Os estudantes devem tomar cuidado para o organismo não ficar viciado nesses produtos. Muitas pessoas bebem para atravessar a noite estudando, acabam prejudicando o organismo e piorando o quadro de ansiedade, alerta a nutricionista.

            O consumo de sucos de frutas, água e água de coco (em média 2 litros por dia) é fundamental para hidratar, principalmente em lugares muito quentes.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Saiba como conseguir uma boa nota no Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio – Enem vem se tornando alvo das preocupações de muitas pessoas e cada vez se torna mais importante para os estudantes.
A maioria dos estudantes que se formam no ensino médio usa a nota do Enem para tentar ganhar uma bolsa de uma faculdade particular através do Prouni – Programa Universidade para Todos e também no Sisu, o que faz com que a pressão em busca de uma boa nota seja grande.
Para se dar bem antes e depois da prova do Enem o candidato deve dar uma revisada nas matérias que foram estudadas durante o ensino médio, nada de querer decorar tudo, mas ler com atenção e se interessar em aprender ajuda bastante.
É legal também fazer exercícios de simulados e de provas já aplicadas no Enem, para que o candidato vá se acostumando com o tipo de prova que vai ter que encarar. Interpretar bem os textos é uma ótima ferramenta para se dar bem na prova, pois os exames do Enem são famosos por suas páginas e páginas de questões com extensos textos.
Para o dia da prova do Enem é importante chegar ao local com antecedência evitando correria e nervosismo, levar uma garrafa de água e um biscoito para dar uma beliscada durante a prova e  enganar o estômago também funciona.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Estamos no Twitter

A partir de hoje, você também pode ficar bem informado sobre o ENEM pelo Twitter do Ciclo Enem @CicloENEM, seja um seguidor o mais rápido possível para não perder o sorteio de ingressos que vai rolar por lá.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Informações Importantes sobre a redação do ENEM

A redação do Enem é corrigida por dois corretores de forma independente, sem que um conheça a nota atribuída pelo outro. A nota final corresponde à média aritmética simples das notas atribuídas pelos dois corretores. Caso haja discrepância de 300 pontos ou mais na nota atribuída pelos corretores (em uma escala de 0 a 1000), a redação passará por uma terceira correção, realizada por um supervisor.
A nota atribuída pelo supervisor substitui a nota dos demais corretores. De acordo com o edital, o Inep considera que a metodologia empregada na correção das redações contempla recurso de ofício.
Será atribuída nota zero à redação: que não atender a proposta solicitada ou que possua outra estrutura textual que não seja a do tipo dissertativo-argumentativo; sem texto escrito na folha de redação, que será considerada "em branco"; com até sete linhas, qualquer que seja o conteúdo, que configurará "texto insuficiente"; Linhas com cópia dos textos motivadores apresentados no caderno de questões serão desconsideradas para efeito de correção e de contagem do mínimo de linhas; com impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação, que será considerada "anulada".

domingo, 12 de junho de 2011

Enem fecha inscrições com mais de 6,2 milhões de candidatos, diz MEC

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve mais de 6,2 milhões de inscrições, segundo informações do Ministério da Educação (MEC). O exame anterior teve 4,6 milhões de inscritos.
As inscrições acabaram à zero hora deste sábado (11). Somente no último dia, 850 mil se inscreveram, de acordo com o ministério.
De acordo com o ministério, 6.221.697 se inscreveram para as provas do Enem deste ano. A Região Sudeste, com 2.312.312 inscritos, apresentou o maior número de participantes, seguida da Região Nordeste, com 1.903.135. Já a Região Sul apresentou 780.802 inscritos, seguido do Norte do país com 651.995 e o Centro-Oeste com 573.453 registros.
Quem se inscreveu deve pagar a taxa de R$ 35 até a próxima segunda-feira (13). Segundo o Inep, o boleto poderá ser gerado por todos os candidatos pela internet até as 16h de segunda-feira.
O pagamento do boleto pode ser feito em qualquer agência do Banco do Brasil até as 16h. Correntistas do banco podem fazer o pagamento pela internet ou em caixa eletrônico até as 22h (horário oficial de Brasília), desde que tenham gerado o boleto até as 16h no site do Enem.
O Enem é usado por universidades públicas e privadas para o acesso ao ensino superior. Também pode ser usado para se obter a certificação do ensino médio.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Fiquem ligados!! Terminam amanhã inscrições para o Enem; prova será em outubro

Termina às 23h59 de amanhã (10) o prazo para que os candidatos realizem as inscrições para o Enem 2011. A inscrição deve ser feita apenas pela internet. A prova acontecerá nos dias 22 e 23 de outubro.

Os inscritos pagantes devem efetuar o pagamento da taxa de R$ 35 até a segunda-feira (13), somente no Banco do Brasil. Alunos da rede pública não pagam e os de escolas particulares podem pedir isenção.
O edital deste ano prevê que a prova do Enem tenha um alerta expresso para que o aluno cheque se a sua avaliação não tem defeitos de impressão. Os candidatos também não poderão levar celular. Eles deverão colocar o aparelho em um saco plástico que ficará lacrado.
A expectativa inicial do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) é de que o número de inscritos neste ano chegue a seis milhões --em 2010 foram cerca de quatro milhões. O último balanço, divulgado pelo MEC na segunda-feira, apontava 3.936.110 candidatos.

VESTIBULAR
Em 2009, o Ministério da Educação deu início a um projeto de substituição dos vestibulares tradicionais pelo Enem como forma de ingresso na universidade.
A partir do resultado da prova, os alunos se inscrevem no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e podem pleitear vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o país.
A participação no Enem também é pré-requisito para os estudantes interessados nas bolsas do ProUni (Programa Universidade para Todos). Os benefícios são distribuídos a partir do desempenho do candidato no exame e podem ser integrais ou parciais, dependendo da renda da família.

SABATISTAS
Os sabatistas --aqueles que por motivo religioso guardam os sábados-- terão a oportunidade de solicitar atendimento especial para realizar as provas de sábado em horário diferenciado dos demais inscritos.
A escolha deve ser feita no momento da inscrição. Se o participante não se declarar sabatista durante o período de inscrição, não poderá solicitar essa opção depois.
Assim como no ano passado, os que se declararam sabatistas no ato da inscrição começarão a responder o caderno de provas após o pôr do sol.
Do pôr do sol de sexta-feira até o pôr do sol de sábado, fiéis como como adventistas e batistas de sétimo dia, entre outros, têm como recomendação repousar ou rezar nesse período. Em 2009, 17.067 guardadores de sábado se inscreveram ao Enem. Em 2010, esse número subiu para mais de 25 mil.
Os sabatistas, porém, deverão chegar aos locais de prova junto com os outros inscritos, entre 12h e 13h, horário em que os portões estarão abertos.
Alocados em salas específicas, irão esperar o momento de iniciar as provas e terão o mesmo tempo que os demais para fazer a prova de ciências da natureza e humanas, ou seja, quatro horas e meia. No domingo, eles fazem a prova no mesmo horário dos demais participantes.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Prova ENEM 1999

Continuando a Postar as Provas Anteriores do ENEM segue abaixo o link da prova e do gabarito de 1999.
Prova
http://hotfile.com/dl/120127465/1ec27c4/Prova_ENEM_1999.pdf.html

Gabarito
http://hotfile.com/dl/120127554/5e21da7/Gabarito_ENEM_1999.pdf.html

Número de inscritos no Enem 2011 chega a 3,9 milhões

O número de inscritos no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) chegou a 3,9 milhões na tarde desta segunda-feira, última semana de inscrições. Às 18h o sistema contabilizava exatos 3.936.110 candidatos.
Os interessados ainda podem se inscrever até as 23h59 de sexta-feira (10), somente pela internet Os inscritos pagantes devem efetuar o pagamento da taxa de R$ 35 até a segunda-feira (13), somente no Banco do Brasil. Alunos da rede pública não pagam e os de escolas particulares podem pedir isenção.
A prova acontecerá nos dias 22 e 23 de outubro. O edital deste ano prevê que a prova do Enem tenha um alerta expresso para que o aluno cheque se a sua avaliação não tem defeitos de impressão.
Os candidatos também não poderão levar celular. Eles deverão colocar o aparelho em um saco plástico que ficará lacrado.
A expectativa inicial do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) é de que o número de inscritos neste ano chegue a seis milhões --em 2010 foram cerca de quatro milhões.
Em 2009, o Ministério da Educação deu início a um projeto de substituição dos vestibulares tradicionais pelo Enem como forma de ingresso na universidade.
A partir do resultado da prova, os alunos se inscrevem no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e podem pleitear vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o país.
A participação no Enem também é pré-requisito para os estudantes interessados nas bolsas do ProUni (Programa Universidade para Todos). Os benefícios são distribuídos a partir do desempenho do candidato no exame e podem ser integrais ou parciais, dependendo da renda da família.